Viva Um dia de Cada Vez e Seja Feliz

quinta-feira, 17 de março de 2011

O QUE VOCÊ APRENDEU COM O CÂNCER



Muito boa tarde amigas,
Hoje tive mais uma sessão de Herceptin, faltam agora 6 sessões pra o término dessa fase.
E cada vez que vou ao Hospital receber minha dose de Herceptin, sempre encontro com amigas de luta antigas, e sempre tem alguem que está iniciando.
O que tenho observado é que as pessoas já tem pré-conceito da doença, e acabam sofrendo /morrendo por antecipação, sendo que essa doença é como outra qualquer, ainda bem que existem vários tratamentos , e cada vez mais os cientistas estão descobrindo mais novidades, para poderem ajudar as pessoas a terem uma vida melhor.
Hoje conheci a Dna Maria, uma senhorinha que já vem sofrendo com cirurgia, e também se sentindo mal porque durante esse período após decoberta do câncer no pulmão, ela teve perda de dois dentes inferiores.
Percebi o quanto estava fragilizada como criança de mais ou menos 4 a 5 anos, é isso que nos tornamos quando descobrimos a doença, indefesos, inseguros,carentes,melancólicos.Notei que durante o período que eu estava lá ela me olhava me observava, até que puxou conversa comigo, e eu quase não gosto de falar, já viu rsrsrsrsr, a conversa fluiu, e ela queria saber desde quando eu estava em tratamento enfim curiosidades de quem está entrando num processo novo (no escuro), e quando falei a minha passagem pelo tratamento, ela ficou super confortada por saber que não era só ela que tinha esse problema, e que a doença não escolhe, cor, raça, idade,classe social enfim, pode ser qualquer um, me elogiou demais, fiquei até sem graça, disse que eu tinha sido um anjo na vida dela hoje, que a forma como eu estou levando a minha vida e como venho superando é muito lindo, que tinha um brilho no olhar, na pele e que eu passava esperança.
Amigas confesso que fiquei muito feliz em saber que de alguma forma eu posso ajudar alguem, mesmo que seja com uma palavra, um beijo no rosto ou mesmo somente a minha presença, as irmãs dela quando voltaram a sala, me agradeceram por eu ter conversado com ela, e que tinha sido muito importante para ela, essa pequena atenção que dispensei  a Dna Maria .
Aí eu vou responder a vocês o que aprendi com o Câncer: ter Compaixão , e o que é compaixão?

Pode ser descrito como uma compreensão do estado emocional de outrem; não deve ser confundida comempatia. A compaixão freqüentemente combina-se a um desejo de aliviar ou minorar o sofrimento de outro ser senciente, bem como demonstrar especial gentileza com aqueles que sofrem. A compaixão pode levar alguém a sentir empatia pelo outro. A compaixão é frequentemente caracterizada através de ações, na qual uma pessoa agindo com espírito de compaixão busca ajudar aqueles pelos quais se compadece.
A compaixão diferencia-se de outras formas de comportamento prestativo humano no sentido de que seu foco primário é o alívio da dor esofrimento alheios. Atos de caridade que busquem principalmente conceder benefícios em vez de aliviar a dor e o sofrimento existentes, são mais corretamente classificados como atos de altruísmo, embora, neste sentido, a compaixão possa ser vista como um subconjunto do altruísmo, sendo definida como o tipo de comportamento que busca beneficiar os outros minorando o sofrimento deles.
Enfim o dia de hoje foi muito especial para mim, quero poder ajudar cada vez mais e mais outras pessoas de alguma forma.
Beijos a Todas(o)

[editar]
Gostaria de saber o que voce aprendeu com o câncer, e gostaria que vocês respondessem, e a medida que deixarem a sua resposta eu irei postar, pois cada um tira uma lição/aprendizado durante essa fase da doença.

Desafiando o câncer , descobrindo o que aprendeu com o câncer.

4 comentários:

  1. Selma, muito bonita sua vivência, se doar para quem está precisando. Eu aprendi muitas coisas com a doença, aprendi a confiar mais em Deus e estar em comunhão com Ele. A ficar em silêncio, meditando e tentando aquietar minha alma quando o medo vem, a ter tb compaixão dos outros, a não me preocupar tanto com coisas pequenas. E confesso que ainda vou descobrir muitos aprendizados. Muito bom seu post! Bjsssssssss

    ResponderExcluir
  2. Olá Selma,
    Bem que eu comentei que você me parecia ser
    muito especial!mandado por Deus...
    E isso foi uma das coisas que eu aprendi com o cancêr...saber dar valor as pequenas atitudes,aprendi que a felicidade aparece para aqueles que choram...
    para aqueles que se machucam...para aqueles que buscam e tentam sempre...para aqueles que reconhecem a importancia das pessoas que passaram por suas vidas...
    Aprendi tambem que há experiências com Deus e provações que você não explica e não entende...
    mas no final vai dar tudo certo!
    fiquem com Deus
    um grande abraço

    Selma Cristina
    tua chara!!!

    ResponderExcluir
  3. BOM DIA SELMA!!!!!!!!
    ESSA SENHORA QUE VOCÊ CONHECEU,CONSERTEZA TEM RAZÃO NOS ELOGIOS QUE FEZ PRA VOCÊ, SUAS PALAVRAS CONFORTAM,SEMPRE QUANDO VEJO UM COMENTÁRIO SEU SINTO-ME MELHOR.
    APRENDI TANTA COISA, UMA DELAS FOI MUDAR MEU CONCEITO EM RELAÇÃO A ESSA DOENÇA, NO COMEÇO FOI MUITO DIFÍCIL PRA MIM NÃO CONSEGUIA ACREDITAR NA CURA OU EM UMA VIDA NORMAL APÓS A DOENÇA,NO ENTANTO CONSEGUI MUDAR ESSE PENSAMENTO.
    PROCUREI FORTALECIMENTO EM DEUS.
    FAZER NOVAS AMIZADE.
    CONHECI O BLOG E FIZ UM PRA MIM.
    CONHECER TODAS VOCÊS FOI UM APRENDIZADO MUITO IMPORTANTE UMA LIÇÃO DE VIDA.
    PERCEBER NAS PESSOAS SOLIDARIEDADE.
    SER MAS SOLIDARIO, RESPEITAR MAIS AS DIFERENÇAS.
    A IMPORTÂNCIA DA SAÚDE EM NOSSAS VIDAS.
    A IMPORTÂNCIA DA FAMILIA, DOS AMIGOS RECONHECER OS VERDADEIROS AMIGOS.
    O FORTALECIMENTO DA FÉ.
    O EXERCÍCIO DA PACIÊNCIA.
    ACREDITAR QUE MESMO COM OS MOMENTOS DE ATRIBULAÇÕES PODEMOS APRENDER ALGUMA COISA.
    APRENDI A VALORIZAR MAS O PRESENTE E AS PEQUENAS COISAS DA VIDA: COMO OBSERVAR A NATUREZA O CANTAR DE UM PASSÁRINHO, O PASSEIO COM OS SOBRINHOS AO PARQUE, VALORIZAR MAIS OS MOMENTOS COM A FAMÍLIA, COM FILHO.
    E PERCEBER QUE NÃO DEVEMOS NOS IMPORTAR COM QUE AS PESSOAS VÃO FALAR AO NOSSO RESPEITO O IMPORTANTA É SENTIRMOS BEM COM NÓS MESMOS.
    E DESCOBRIR DENTRO DE MIM QUE SOU MAIS FORTE QUE PENSEI, ACREDITO QUE EM ALGUNS PONTOS SOU UMA NOVA MULHER, MAS CONCIENTE, DECIDIDA, COM UMA EXPERIÊNCIA DE VIDA QUE SÓ IRÁ ME FORTALECER A CADA DIA.
    E ENFIM VIVER UM DIA DE CADA VEZ.
    BJS.

    ResponderExcluir
  4. ris Laus. disse...
    Olá, me chamo Cristina e tive Ca a primeira vez em 97, um Ca super simples de tireóide. Mas meu cir~urgião não fez os procedimentos corretos naq cirurgia e nem ele nem as três endocrino que eu visitei me indicaram a iodoterapia. Depois fui pra SP me tratar, sou de SC. Fui a um endocrino de lá, ele me deu uma iodo, masw fazia exame aparecia outro foco, fiz a segunda e foi a mesma coisa. Até que um dia uma amiga muito especial me indicou seu médico também em SP, fiz exames e fui buscar o resultado dia 8 de março de 2005, o médico me disse que a cirurgia seria dia 11 mesmo, eu relutei mas aceitei. Tirei 45 linfonodos, 11 malignos, um do lado da veia aorta. fiquei entubada acordada na UTI, cerrei o osso sdo peito, já que meu Ca era no mediastino. Fiquei 17 dias internada. Mas isso tudo eu ainda tenho transtorno obssessivo compulsivo, por culpa do primeiro tratamento. Mas quando tive de enfrentar o Ca pela segunda vez tive forças. Mas Deus foi muito bom pra mim, não ganhei um médico, ganhei um novo pai. Hoje depois de seis anos dessa cirurgia falo com ele ao telefone duas vezes por dia, vou a SP todos os meses vê-lo, ele não me cobra consulta, me enche de presentes e o mais valioso deles é seu amor. Virei amiga de toda família. Fiz muitos amigos em SP. E durante 2005 me internei 9 vezes no hospital Osvaldo Cruz, e nessas nove vezes ele estava sempre do meu lado. E se3lecionei meus amigos também, durante esse 2005 que fiquei mais em SP que em casa somente uma tia daqui, e um amigo, na verdade pai de dois amigos meus me ligavam. Mas isso prova que eram sinceros e os outros eu deletei. Hoje tenho um pai de coração, esse meu pai tem um netinho que eu amooo muito, tenho muitas amigas em SP que gostam de mim por mim apenas, não porque eu tenho um carro com o tanque cheio para elas irem andar as minhas custas. Antes de ficar doente, meu carro não tinhaq lugar pra tanta gente. hoje não vou a baladas, sou mais caseira e o Ca e o TOc fizeram de mim uma pessoa melhor. Já fui visitar crianças com Ca no hospital Darci vargas e recomendo, é muito bom. E digo com muito orgulho, eu tive CA duas vezes e venci. E se quiserem saber se todo sofrimento valeu a pena eu digo: passaria tudo de novo, tudo igualzinho pra ter meu super médico, ou melhor, meu super papai de coração na minha vida. e minha maior alegreia na vida é dizer a ele todos os dias o quanto eu o amo. e tem mais uma coisa, minha mãe que sempre lutou de mãos dados comigo, dia 28 agora faz três anos que ela está em coma. Com isso tive de aprender a voar literalmente, pelo meio de transporte pra ver meu médico e pra aprender a fazer tudo sozinha. Desejo do fundo do meu coração que a experiência com o câncer de cada um que ler esse comentário tenha um final de muita luta ainda, mas também de alegrias como o meu. Ainda sofro com isso, mas isso é um assunto que fica pra depois.E lembrem-sem, Deus não fecha uma porta e abre uma janela, e sim ela fecha uma janela e abre uma super porta. Tudo tem um aprendizado e um porque. acreditem e tenham fé. fiquem com Deus. beijos, com muito carinho, Cris Laus.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e me diga qual o assunto voce quer saber?